Prefeitura Municipal de Salvador

Projeto contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat concorre no Festival Rio Web

Divulgação

 

A websérie “A Bahia Já Me Deu” , contemplada pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, está concorrendo na categoria “Melhor Série de Variedades” no #RioWebFest2021 com outros 8 concorrentes.

O projeto possui 05 episódios publicados no Youtube, cuja proposta pretende contar as histórias dos músicos baianos negros responsáveis pela criação de discos de vinil, discografias do passado e da cena contemporânea. Dentre os entrevistados, estão: Claudete Macedo e Jorge Dubman, AKA Dr. Drumah.

Idealizado pelo músico André Oliveira, o projeto foi desenvolvido em meio a pandemia da Covid-19. Seu maior medo era de que o projeto não fosse finalizado no tempo previsto, tendo em vista que a maioria dos entrevistados são idosos. “Deu tudo certo, fora essa situação pandêmica, o processo foi super enriquecedor. Mexer com as memórias desses artistas negros da cidade e os locais de afeto é muito importante”, explica.

O músico ainda relata a felicidade em saber que seu projeto estava concorrendo oficialmente no Festival “foi uma sensação de alívio, pois indica que o projeto tem sua potência não só na Bahia, como em outros estados e países. É um festival internacional.” Para André essa indicação tem um enorme significado, pois através dela poderá “contar as histórias desses artistas negros, muitos esquecidos até mesmo em Salvador”. Ele ainda destaca que “independentemente do resultado em novembro no Rio, a cidade de Salvador e seu povo negro estará representado.” 

Em sua 6ª edição, o #RioWebFest2021 acontece na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 25 e 27 de novembro. O prêmio possui cerca de 60 categorias e tem como indicados Manu Gavassi, Míriam Castro, Fernanda Paes Leme. A votação é realizada por meio popular e estará aberta até o dia 25 de novembro através do site oficial do evento.

O Projeto "A Bahia Já Me Deu" foi contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.