Prefeitura Municipal de Salvador

Fundação Gregório de Mattos nomeia Comissão Técnica de Avaliação e Seleção para o Edital Gregórios

Fundação Gregório de Mattos nomeia Comissão Técnica de Avaliação e Seleção para o Edital Gregórios

  

Foi divulgado no DOM (www.dom.salvador.ba.gov.br) de hoje (12), a relação com a Comissão Técnica de Avaliação e Seleção das propostas culturais inscritas no Edital Gregórios:

 

Servidores FGM

Felipe Dias Rêgo - Gerente de Promoção Cultural

Fernando Guerreiro – Presidente da Fundação Gregório de Mattos

 

Representantes da Sociedade Civil

Currículos da Comissão Técnica de Avaliação e Seleção do Edital Gregórios – Ano II

Antrifo Sanches é graduado em Pedagogia da Dança pela Folkwang Hochschule Essen – Alemanha (1990), Mestre em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (2006) e Doutor em Educação por esta mesma universidade. Professor da Escola de Dança da UFBA desde outubro de 1994, ministrou também workshops em Düsseldorf-Alemanha, na Bienal de Santos (SP), na Unicamp (Campinas-SP), no VIII Festival Nacional de Arte – Fenart (João Pessoa-PB) e para a Cia Verve de Dança (Campo Mourão-PR). Também atua como artista com experiência em coreografia, direção de cena e produção de dança. Em 1998, fundou junto com a coreógrafa Cristina Castro a Companhia Viladança no Teatro Vila Velha, onde atuou como bailarino, assistente de coreografia e diretor de produção. Foi ainda diretor artístico da cantora Daniela Mercury, para a qual dirigiu os shows “Carnaval Eletrônico” (2004) e “Balé Mulato” (2006).  Já foi dançarino do Balé Teatro Castro Alves (BTCA), produziu em 2007 a turnê da companhia para a Alemanha e desde 2015 é Diretor Artístico do grupo. Participou da Comissão Julgadora do Prêmio Braskem de Teatro 2014 e do Comitê de Seleção do Edital PIBEXA - Programa Institucional de Experimentação Artística 2019 (UFBA).

Piti Canella é produtora cultural desde 1991, voltando-se em especial para grandes eventos da música. Atuou como Gerente de Eventos da Itaipava Arena Fonte Nova (2012 a 2014) e produtora da Cerimônia de Encerramento dos Jogos Paralímpicos 2016, no Rio de Janeiro. Gerenciou turnês internacionais de artistas como Daniela Mercury na Argentina, Estados Unidos, Canadá, Portugal, Israel e Europa; Margareth Menezes na Europa; Chiclete com Banana nos Estados Unidos e Europa. Fez produção executiva para artistas como Gilberto Gil, Carlinhos Brown, Jorge Benjor e Elba Ramalho. Foi responsável pela execução de projetos como o Programa Conexão Vivo – Bahia (2010-2011), Circuito Cultural Banco do Brasil (2012), Festival de Jazz do Capão (2014), Candyall e Tal – 1º Festival de Arte Urbana (2015), São João em Cachoeira-BA (2015) e Prêmio Caymmi 2017. Produziu ainda o Camarote Expresso2222 no Carnaval de Salvador (2010-2012, 2016) e o filme “Axé, Canto do povo de um lugar” (2017), premiado como melhor documentário estrangeiro no 8th Austrian Independent Film Festival. Em 2018, atuou como produtora para o canal Multishow para transmissão do Festival Lollapalooza Brasil em São Paulo e Prêmio Multishow da Música Brasileira no Rio de Janeiro.

Virgínia Da Rin atua há 32 anos na criação e gestão de projetos, direção geral e produção artístico-cultural, circulando por eventos de diversas naturezas e linguagens artísticas, tais como concertos sinfônicos, óperas, espetáculos teatrais e de dança, shows e festivais. Foi responsável pela implementação e coordenação do projeto Sua Nota é um Show e produção do Balé Teatro Castro Alves (BTCA) em diversas montagens e turnês. De 2001 a 2008, executou o projeto Música no Porto; de 2008 a 2011, foi diretora de produção do Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (FIAC); em 2010, produziu o ll Encontro Ibero-americano de Ministros da Cultura. Em 2013, coordenou o projeto Boca de Brasa, iniciativa da Fundação Gregório de Mattos que promoveu oficinas de aperfeiçoamento cultural e apresentações artísticas em palco móvel. Entre 2013 e 2016, coordenou ainda o programa de qualificação em artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), passando por 32 municípios baianos.